Histórias
Imensidão, azul, plenitude, totalidade… tudo isto sentia a Alma, que no meio das suas iguais, se distinguia… Mais leve, mais bela, mais pura, esperava pacientemente, que mais uma vez, a...
Artigo deSintricare|
Era uma vez um homem à espera. O homem estava sentado numa pedra à beira da estrada e esperava… Porque esperava ele? Por quem esperava ele? O que esperava ele?...
Artigo deSintricare|
Um minúsculo, ínfimo, ponto luminoso percorre o teu corpo. De Norte a Sul, de Leste a Oeste, do centro à periferia, ele faz o seu caminho. Entra em atalhos, estreitas...
Artigo deSintricare|
Estávamos todos dentro dum círculo de giz branco num fundo negro. Ninguém podia pôr os pés fóra do círculo de giz ou seria engolido pelo abismo. Ouviam-se cânticos índios, todos...
Artigo deSintricare|
Pela manhã passeava pela estrada e olhava os caminhos que desconhecia, ía atenta para não me perder, seguindo pelo trilho assinalado. Com atenção focada no que estava à volta, no...
Artigo deSintricare|
Era uma vez uma ostra que vivia no fundo dum mar lamacento e escuro. Era difícil chegar-lhe a luz do sol, a claridade da água e a quentura das correntes....
Artigo deSintricare|
O corpo era grande desajeitado, descoordenado, desgovernado, desnorteado, desengonçado, desmembrado, desalmado… Seguia na sombra, na penumbra, oculto por entre os esconsos, os becos… Entrava em tocas, buracos negros que o...
Artigo deSintricare|
Ali estava ele. Só. Desolado. No meio do deserto imenso… Areia, pedras, pedras, areia… olhar perdido no vazio. A noite descia repentina e gélida sobre o deserto escaldante. Então, o...
Artigo deSintricare|

Don’t delay care for you and those you love

Fazer agendamento

Please select form to show
× Podemos ajudar?