Chamada para a rede fixa nacional

Chamada para rede móvel nacional

Perguntas Frequentes

geral

Será sempre um investimento que irá trazer muito retorno! O que se ganha em termos de saúde mental, que se reflete em todas as áreas da vida, em bem-estar físico, mental, social e familiar , em vínculos saudáveis, na tomada de consciência para ganhar recursos que ficam para sempre, no impacto que tem no sistema familiar … O valor que se paga por um acompanhamento trará um ganho imensurável. 

As nossas consultas têm um intervalo de valores, que facilita a possibilidade de estar ao alcance de todos que querem usufruir de um serviço de qualidade, com profissionais de excelência, num espaço acolhedor.  

Sim, trabalhamos com alguns seguros, e atualmente mesmo fora da rede, com o recibo, existe a possibilidade de comparticipação.

Contacte-nos para podermos analisar o seu caso.

Apesar de ambas as especialidades intervirem ao nível da saúde mental, têm formações diferentes e práticas diferentes, mas muitas vezes complementares.

Os psiquiatras têm formação em medicina e especialização em Psiquiatria, atuam no tratamento da doença mental. O seu estudo e diagnóstico permite essencialmente através da terapêutica química, realizar um tratamento adequado.

Os psicólogos têm formação em Psicologia, avaliam e intervêm ao nível emocional, comportamental e cognitivo, utilizando práticas terapêuticas, tais como aconselhamento e apoio emocional. Poderá ser uma intervenção individual, familiar e em grupo, e não prescrevem medicamentos.

Pode fazer a sua marcação online diretamente aqui no site, em “Marcar Consulta“.

Se preferir, pode contactar-nos pelos canais disponíveis na página “Contactos” e a nossa equipa estará ao dispor para lhe prestar todas as informações que acharem importantes e para aconselharem a melhor intervenção.

Psicologia e Psicoterapia de Crianças e Jovens

A Psicologia e Psicoterapia de Crianças e Jovens na Sintricare são serviços especializados que visam oferecer suporte emocional, compreensão e intervenção terapêutica adaptada à idade e às necessidades específicas desse grupo populacional.

Esses serviços ajudam a compreender e lidar com uma variedade de desafios emocionais, comportamentais e interpessoais enfrentados por crianças e jovens, promovendo assim o seu bem-estar emocional e psicológico.

Saiba mais no nosso artigo do Blog: Psicologia e Psicoterapia de Crianças e Jovens: Da Compreensão dos Desafios ao Caminho para o Bem-Estar

Os pais geralmente têm a capacidade de perceber essa necessidade, mas nem sempre são valorizados certos sintomas ou porque “são crianças” e é a forma de olharem e se são jovens… é por serem “jovens”. Temos que ficar atentos se sentem que algo se alterou no comportamento da criança ou jovem, se sentem que houve alterações na alimentação, no padrão do sono, mais agitação, ou menos participativo, mais irritado, mais isolado… Se não houver causa médica e se as alterações se prolongarem por algum tempo, está na hora de procurar ajuda. Mais vale pecar por excesso, do que por defeito!  

Alguns sinais de que seu filho pode precisar de ajuda profissional incluem mudanças significativas no comportamento ou no humor, dificuldades de relacionamento com familiares ou amigos, problemas de sono ou alimentação, queda no desempenho escolar, recusa em participar de atividades anteriormente apreciadas, entre outros.

Os pais deverão pedir ajuda ou opinião se sentirem inseguros quanto ao que sentem e observam nos seus filhos e se for avaliada a necessidade de apoio ao nível individual, ou terapia de casal ou familiar, será sugerido esse acompanhamento. 

Os benefícios incluem desenvolvimento emocional saudável, melhoria das habilidades de enfrentamento, aumento da autoestima e autoconfiança, melhorias no desempenho acadêmico, maior capacidade de lidar com situações de stress e adversidade, entre outros.

Não existe um tempo, depende de caso para caso, da criança ou jovem, da evolução do quadro, do pedido inicial, da idade …  Cada criança é única!

A psicologia de crianças e jovens na Sintricare utiliza abordagens terapêuticas específicas para ajudar a compreender e modificar comportamentos desafiadores. Isso pode incluir técnicas de modificação comportamental, terapia cognitivo-comportamental, terapia familiar, entre outras.

Algumas técnicas e abordagens comuns incluem terapia cognitivo-comportamental, terapia de jogo, terapia artística, terapia familiar sistémica, entre outras, adaptadas à idade e às necessidades específicas de cada criança ou jovem.

As sessões são conduzidas de forma empática, respeitosa e adaptada à idade e às necessidades individuais de cada criança ou jovem. Elas oferecem um espaço seguro e acolhedor para expressar emoções, explorar preocupações e aprender habilidades de enfrentamento.

A terapia respeita sempre o ritmo e as características individuais de cada criança ou jovem.

As sessões geralmente têm duração variável, dependendo das necessidades individuais de cada criança ou jovem, mas costumam durar em média entre 45 minutos e 1 hora.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Abordar o tema da psicologia com seu filho pode ser feito de forma gradual e aberta, respeitando a idade e a maturidade dele.

É importante oferecer um espaço seguro para conversas honestas, responder às perguntas dele com sinceridade e encontrar recursos adequados para ajudá-lo a compreender o processo terapêutico e os benefícios da psicologia.

Saiba mais no nosso artigo do Blog: Desmistificar a ida das crianças ao Psicólogo: Como promover uma visão positiva da saúde mental infantil

Psicologia Psicoterapia de Adultos

A psicologia clínica direcionada para adultos é um ramo da psicologia que se foca em questões específicas enfrentadas por pessoas na fase adulta das suas vidas. Esta engloba uma variedade de áreas que podem ser olhadas, incluindo relacionamentos interpessoais, trabalho, autoconhecimento, saúde mental e emocional, entre outros aspetos.

Os psicólogos especializados nesta área estão preparados para ajudar os adultos a lidar com desafios e crises, a alcançar objetivos pessoais e profissionais e a promover um maior bem-estar geral. Para além de trabalhar na minimização do sofrimento, o/a psicólogo/a trabalha também na prevenção das dificuldades e no desenvolvimento de estratégias para viver de forma mais autónoma e plena.

Por vezes pode não ser fácil perceber que precisamos de recorrer a um/a psicólogo/a.

Muitas vezes surgem pensamentos de que “existem outras pessoas que estão pior”, ou emoções de vergonha ou medo que nos impedem de dar esse passo. No entanto, é importante compreender que somos todos diferentes, quer nas dificuldades como nas ferramentas que temos disponíveis.

Ainda assim, é importante saber identificar alguns sinais de que pode ser hora de procurar ajuda profissional. Os principais sinais remetem para sentimentos persistentes de tristeza, ansiedade ou desesperança; dificuldade em funcionar no dia a dia; mudanças repentinas de humor; problemas de sono ou alimentação; dificuldade em manter relacionamentos saudáveis (e isto inclui a relação connosco); uso excessivo de substâncias como álcool ou drogas; e pensamentos ou comportamentos suicidas. 

No entanto, a psicologia pode também ser uma ferramenta a ser procurada quando queremos investir na nossa relação connosco e no caminho do autoconhecimento.

No entanto, a psicologia pode também ser uma ferramenta a ser procurada quando queremos investir na nossa relação connosco e no caminho do autoconhecimento. De facto, as consultas podem oferecer uma série de benefícios para os adultos, como uma maior compreensão de si mesmos e dos seus padrões de pensamento e comportamento; o desenvolvimento de capacidades ou estratégias para lidar com o stress e a adversidade; a melhoria dos relacionamentos interpessoais; o aumento da autoestima e confiança; e uma maior capacidade de enfrentar os desafios da vida de forma eficaz. No fundo é a possibilidade de não perder o nosso fio de prumo interno, mesmo quando o caos existe fora de nós. 

 

As sessões de psicologia são adequadas para quem sinta que tem dificuldades na vida pessoal, profissional ou emocional e sente que poderia beneficiar do apoio de um profissional. Numa primeira sessão, o/a psicólogo/a explora consigo os seus pensamentos, sentimentos e comportamentos por forma a determinar se a psicoterapia é adequada para as suas necessidades específicas. A psicoterapia é a intervenção em si, ou seja, é o processo continuado onde são desenvolvidas ferramentas para lidar com os vários desafios já referidos.

Na Sintricare, existe uma variedade de técnicas e abordagens disponíveis na psicoterapia, incluindo psicoterapia cognitivo-comportamental (PCC), psicoterapia psicodinâmica, psicoterapia corporal / somática e psicoterapia familiar / de casal.

O profissional irá adaptar o tratamento de acordo com as necessidades individuais de cada cliente.

A duração e frequência das sessões de terapia podem variar dependendo das necessidades e preferências individuais de cada cliente. Geralmente, as sessões têm a duração de cerca de 50 minutos a uma hora e ocorrem semanalmente, embora isso possa ser ajustado conforme necessário ao longo do tempo e dependendo do caso.

Nunca devemos esquecer que cada caso é um caso e as necessidades e progressos são diferentes de pessoa para pessoa, assim como os objetivos terapêuticos.

Para além das sessões individuais de terapia, alguns indivíduos podem beneficiar de participar em grupos de apoio onde podem compartilhar experiências e obter suporte de outras pessoas que enfrentam desafios semelhantes.

Um grupo terapêutico é uma forma de terapia onde se reúnem várias pessoas, juntamente com um/a psicoterapeuta. Nestes encontros podem ser explorados vários temas de acordo com as necessidades de cada um dos elementos. Estes grupos são um espaço seguro onde os seus membros podem partilhar as suas histórias, receber apoio emocional e também um feedback dos restantes e de um profissional. Conectarmo-nos com os outros que estão a passar por situações semelhantes e aprender a lidar com os desafios que a vida nos traz são também alguns dos objetivos destes grupos.

Os benefícios da participação são vários, desde a criação de novas perspetivas sobre a vida, a diminuição do isolamento (e aumento do contacto), a melhoria da comunicação com o outro e, consequentemente, da relação com o outro e, em suma, a expansão do desenvolvimento pessoal.

Não é necessário ter um diagnóstico específico para procurar psicoterapia de adultos.

Os terapeutas estão treinados para ajudar pessoas que enfrentam uma variedade de problemas emocionais, comportamentais e interpessoais, independentemente de terem ou não um diagnóstico formal.

A psicoterapia de adultos pode, muitas vezes, ser combinada com outros tratamentos, como medicação prescrita por um psiquiatra, exercícios físicos, técnicas de relaxamento ou outras abordagens complementares.

O importante é trabalhar em conjunto com os profissionais de saúde para desenvolver um plano de tratamento abrangente e integrado que atenda às suas necessidades individuais.

Não encontrou resposta á sua questão? Pergunte-nos aqui:

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
plugins premium WordPress
× Podemos ajudar?