Etiqueta: Sinais

06/08/2020
Como identificar os sintomas de ansiedade?

A Ansiedade pode manifestar-se de várias formas, com maior ou menor intensidade, ao longo do tempo ou em períodos da vida.

Não só os adultos, como também os adolescentes e as crianças podem ser afetados.

Se cuidarmos quando os sintomas ainda são ligeiros, evitamos vivenciar situações mais limitadoras do bem-estar. Fique atento se tem uma ou várias manifestações das seguintes:

• alterações no sono;
• a memória apresenta falhas;
• tem pensamentos em excesso e preocupa-se em demasia;
• o coração tem batimentos acelerados;
• tem dores cabeça;
• não consegue ficar concentrado;
• está mais agitado;
• procrastinar;
• falta de ar;
• aperto na garganta;
• transpira das mãos e dos pés;
• transpira em excesso sem esforços;
• fragilidade no aparelho digestivo;
• tonturas;
• ataque de pânico.

Não hesite em pedir ajuda de um profissional e seja responsável pela sua saúde e pela da sua família!

Cristina Santos

Psicóloga e Diretora Técnica da Sintricare

18/10/2017

Hoje partilhamos um pertinente artigo de Octávio Moura, especialista em Psicologia Clínica e da Saúde e  especialista avançado em Neuropsicologia, publicado no site Portal da Dislexia sobre os sinais de alerta desta Perturbação da Aprendizagem Específica nas crianças.

Do ponto de vista da nossa experiência técnica e pessoal sobre Dislexia, consideramos a leitura deste artigo crucial para esclarecer pais, professores e até psicólogos: enumera e resume de forma criteriosa todos aqueles pequenos detalhes aos quais devemos estar atentos nas crianças.

Para nós, na Sintricare, é fundamental combater a desinformação generalizada sobre esta Perturbação da Aprendizagem Específica e apostar na avaliação precoce da Dislexia… a bem das nossas crianças! Boa leitura!

SINAIS DE ALERTA DA DISLEXIA

Dada a natureza desenvolvimental desta Perturbação da Aprendizagem Específica, as crianças com Dislexia já evidenciam um conjunto significativo de sinais e sintomas durante a infância e início da escolaridade. De seguida são apresentados alguns Sinais de Alerta da Dislexia na infância e em idade escolar para que pais e professores possam mais facilmente identificar estas possíveis alterações nos seus educandos. Na eventualidade de identificar vários destes sinais de alerta e a criança manifestar dificuldades significativas nos processos de leitura e escrita é recomendado o encaminhamento da criança para uma avaliação especializada por profissionais [nomeadamente (neuro)psicólogos] com larga experiência neste âmbito.

SINAIS DE ALERTA DA DISLEXIA DURANTE A INFÂNCIA:

  • Atraso no desenvolvimento da linguagem. Começou a dizer as primeiras palavras mais tarde do que o habitual e a construir frases mais tardiamente.
  • Apresentou alguns problemas na linguagem durante o seu desenvolvimento, nomeadamente dificuldades em pronunciar determinados sons/fonemas, linguagem ‘abebezada’ para além do tempo normal, etc.
  • Apresentou dificuldades em memorizar e acompanhar canções infantis e lenga-lengas, revelou dificuldades nas tarefas de rimas.
  • Apresentou dificuldades em tarefas de consciência fonológica (rimas, lenga-lengas, segmentação sílabica, etc.).
  • Entre vários outros sinais.

SINAIS DE ALERTA DA DISLEXIA NA IDADE ESCOLAR:

  • Dificuldades de leitura e escrita: lentidão na aprendizagem e na memorização das letras, e na automatização dos processos da leitura e escrita.
  • Dificuldade em compreender que as palavras se podem segmentar em sílabas e fonemas.
  • Dificuldades na consciência fonológica (segmentação fonémica e manipulação fonológica, etc.).
  • A velocidade da leitura encontra-se significativamente abaixo do esperado para a idade. Muitas vezes a sua leitura é silabada e ocorre uma enorme lentidão na conversão grafema-fonema.
  • Bastantes dificuldades na descodificação das palavras, com a presença de inúmeras alterações. Revela dificuldades nos processos de descodificação grafema-fonema e/ou na leitura automática de palavras.
  • Dificuldades na compreensão/interpretação dos textos lidos devido ao baixo desempenho na leitura. Normal compreensão quando os textos lhe são lidos pelo adulto.
  • Na escrita surgem muitos erros ortográficos (trocas fonológicas e/ou lexicais) em todo o tipo de palavras (quanto à regularidade e frequência).
  • Na escrita surgem lacunas acentuadas na organização/estruturação das ideias no texto e na construção frásica.
  • Demora demasiado tempo na realização dos trabalhos de casa (uma hora de trabalho rende 10 minutos).
  • Utiliza estratégias e truques para não ler. Não revela qualquer prazer pela leitura.
  • Distrai-se com bastante facilidade perante qualquer estímulo, parecendo que está a sonhar acordado. Curtos períodos de atenção.
  • Os resultados escolares não são condizentes com a sua capacidade intelectual. Melhores resultados nas avaliações orais do que nas escritas.
  • Dificuldades em memorizar e processar informações verbais.
  • Muitas dificuldades na aprendizagem de uma língua estrangeira (Inglês).
  • Não gosta de ir à escola ou de realizar atividades com ela relacionada.
  • Apresenta picos de aprendizagem, nuns dias parece assimilar e compreender os conteúdos curriculares e noutros parece ter esquecido o que tinha aprendido anteriormente.
  • Entre vários outros sinais.”

FONTE: Moura, O. (2017). Portal da Dislexia. Acedido em 17/10/2017, de https://dislexia.pt.

Malcare WordPress Security